Participe do nosso site!
Login:Esqueci a senha
Senha:
 
Expediente
Página inicial
Apresentação
Currículo Profissional
Na mídia...
Fale Conosco
Cadastramento
Para Você...
Artigos
Mensagens para Reflexão
Ler e Assistir na Cama
Material de Apoio aos Livros
Exercícios
Atendimentos
Psicologia
Psicanálise
Florais de Bach
Consultório Novo Equilíbrio
Consultório Virtual
Grupo de Orientação

 

Psicanálise

Sigmund FreudPsicanálise é a ciência do inconsciente que foi fundada por Sigmund Freud (1856-1939). Um método de investigação, que consiste essencialmente em evidenciar o significado inconsciente das palavras, das ações, das produções imaginárias (sonhos, fantasias, delírios) de um sujeito.

Este método baseia-se principalmente nas associações livres feitas pelo paciente, que são especificados e interpretados pelo psicólogo que procura entender o funcionamento de sua mente em relação à sua resistência, a transferência e o desejo. O emprego da psicanálise como sinônimo de tratamento psicanalítico está ligado ao sentido de começar uma análise.

São conteúdos principais da psicanálise e os fundamentos de sua teoria, a aceitação de processos psíquicos inconscientes, o reconhecimento da doutrina da resistência e do recalcamento e a consideração da sexualidade e do complexo de Édipo. As regras fundamentais da análise são a associação livre e a atenção flutuante.

A psicanálise ocupa-se de coisas simples, porém complexas como amor e o ódio, o desejo e a lei, os sofrimentos e o prazer. Trata também de nossas falas, nossos sonhos e nossas fantasias.

Atualmente a formação de Psicanalistas não se restringe a pessoas com nível universitário e não exigêm formação em psicologia ou afim. Isso vem banalizando muito uma abordagem psicológica, que não tem como ser adquirida sem conhecimentos prévios e em tão curto espaço de tempo como tenho verificado.

Jacques LacanÉ comum ouvir que um psicanalista formou-se em um ano ou dois, sem ter conhecimento nenhum das bases psicológicas, sem sequer um caso supervisionado. Em contrapartida, existem escolas muito sérias que fazem uma rigorosa seleção de seus candidatos. Exigindo grau universitário, e formação em psicologia, medicina ou outra área que se justificar. A formação do Psicanalista se dá em 4 a 6 anos de curso, com supervisão de casos não inferior a 2 anos cada um. Possibilitando assim uma ótima formação e uma bagagem muito grande para a análise.

É possível também encontrar Psicólogos com formação universitária, que dedicaram seu último ano (5º ano) a Especialização em Psicologia Clínica com Abordagem Psicanalítica.

A Psicanálise foi a primeira escola de psicoterapia. Nascida há cerca de cem anos, o seu criador, Sigmund Freud, utilizava como método de psicoterapia a psicanálise.

Melaine Klein Quando falamos em escola de psicoterapia, queremos dizer que foi a primeira abordagem onde se falava de conteúdos inconsciente. Após Freud, muitos alunos e companheiros, começaram a discordar ou simplesmente, foram se aprofundando e ampliando de formas diversas os seus estudos, dando-se em muitas outras escolas de psicoterapia.

Podemos dizer que a teoria de Freud, foi um grande avanço e um marco. Por esse fator sempre a origem estará em Freud, mas às novas escolas tiveram à liberdade de tratar sua teoria até recriá-la em novas formas particulares, assim como fez Carl Gustav Jung, Jacques Lacan, Melanie Klein, Sandor Ferenczi, W. R. Bion, Donald Winnicott, Françoise Dolto, Walter Georg Groddeck, Enrique Pinhon Rivière e outros.

Carl Gustav Jung É comum ouvir: "Qual a linha que você atua?", "Eu atuo na linha, Freudiana, Junguiana, ou Lacaniana, referindo-se as escolas de Freud, Jung, Lacan, por exemplo.

Aconselho sempre a perguntar a linha de atuação, pois identifica os critérios e técnicas que o psicoterapeuta irá abordar. Muito interessante para quem procura saber como será o trabalho realizado.

Novo Equilíbrio - Tel.: (11) 2605-3166 - E-mail: contato@novoequilibrio.com.br